1º CICLO DE DEBATES DA DÉCADA INTERNACIONAL DE AFRODESCENDENTES INSTITUÍDA PELA ONU

OAB/SP REALIZOU A CARAVANA DA INCLUSÃO EM RIO CLARO
abril 15, 2017
PALESTRA “Mulher Multitarefas Interpretando seus Diversos Papéis”
abril 15, 2017

Segundo informações do site da Organização das Nações Unidas a Assembleia Geral da ONU proclamou o período entre 2015 e 2024 como a Década Internacional de Afrodescendentes, resolução 68/237 citando a necessidade de reforçar a cooperação nacional, regional e internacional em relação ao pleno aproveitamento dos direitos econômicos, sociais, culturais, civis e políticos de pessoas de afrodescendentes, bem como sua participação plena e igualitária em todos os aspectos da sociedade.

O objetivo da década é promover o respeito, proteção e cumprimento de todos os direitos humanos e liberdades fundamentais das pessoas afrodescendentes, como reconhecido na Declaração Universal dos Direitos Humanos. Ainda, promover um maior conhecimento e respeito pelo patrimônio diversificado, a cultura e a contribuição de afrodescendentes para o desenvolvimento das sociedades. Reforçar os quadros jurídicos nacionais, regionais e internacionais de acordo coma Declaração e Programa de Ação de Durban e da Convenção Internacional sobre a eliminação de Todas as Formas de Discriminação Racial, bem como assegurar a sua plena e efetiva implementação.

Em Rio Claro o primeiro ciclo de palestra sobre a década internacional de afrodescendentes aconteceu no dia 11 de maio na sala de convenções Class Hotel.

Com temas relevantes para nossa sociedade o Fórum abriu com o tema “A África Adaptada em Terras Brasileiras” com a palestrante Kizie de Paula Aguiar, assessora da integração racial contou a mediação do advogado e membro da Comissão de Direitos Humanos da OAB Dr. Lazaro Lopes.

O representante religioso André Luiz de Moraes, Presidente da Federação Umbandista Caminho dos Orixás explanou o tema “Intolerância Religiosa”. A Dra. Carmen Dora de Freitas Ferreira, advogada Presidente da Comissão de Igualdade Racial OAB/SP apresentou a palestra “Discriminação e seus Efeitos”.

A diretora da OAB Rio Claro, Dra. Ionita de Oliveira Krügner expôs “Ação do Estado para a eliminação dos estereótipos Institucionalizados relativos a afrodescendentes”.

O evento teve o lançamento da Frente Parlamentar de Combate ao racismo e da igualdade racial, e exposição do Painel “Os fundamentos que nortearam a ONU a instituir a década internacional de afrodescendentes”. Em paralelo ao Debates o ciclo aconteceu apresentação de Capoeira e musical Violoncelo Jonas Moncaio. Os alimentos arrecadados para inscrições foram doados para projetos sociais.