O ADVOGADO E A TECNOLOGIA

MEIO AMBIENTE E VOCÊ
abril 15, 2017
O ANO DA MULHER ADVOGADA
abril 15, 2017

O perfil do advogado mudou muito nos últimos anos, principalmente em decorrência do acúmulo de informações. Com essa nova realidade, o advogado passou a ter como seu principal inimigo  o tempo. Devemos pensar que administrar bem o tempo e utilizar de ferramentas que possibilitem otimizar a produção, e ainda, que melhore a qualidade da produção é essencial para o Advogado moderno e assim criar maior fidelidade com o cliente. 

Muito se ouve sobre a evolução digital, softwares e tecnologias. Contudo, nós Advogados, por vezes, temos dificuldades de trazer esses benefícios tecnológicos para a realidade dos nossos escritórios. Mas essa é uma realidade, e o uso da tecnologia já é rotina nos escritórios de Advocacia, e se bem aplicada, podem gerar redução de custos e ganho de tempo. 

 

 A tecnologia no mundo jurídico está mudando os paradigmas da advocacia. Não basta mais dominar as Leis, é necessário que os profissionais de direito inovem nos procedimentos para se adaptarem às exigências do mercado nacional e internacional, conhecido como “business law”. 

Os desdobramentos das inovações tecnológicas na economia e nos hábitos de consumo requerem uma advocacia e departamentos jurídicos presentes, cada vez maior na gênese dos negócios e das empresas, ou seja, com os clientes.  

Tudo isso, fazendo com que o advogado, modernize a forma de pensar e, consequentemente, crescer na sua profissão, não bastando mais só dominar o direito romano. O profissional terá que saber sobre o negócio do seu cliente, ou seja, o profissional do direito coordenará tarefas que não farão parte de um processo, mas estarão inseridas no contexto do mercado da empresa. 

Tudo, em uma dinâmica mais próxima dos negócios e de clientes empreendedores. É inevitável essa inovação. Tratar a advocacia com mais profissionalismo e visão empreendedora, trazendo inúmeras estratégias e oportunidades que possam serem usadas no relacionamento advogado/cliente, independentemente do tamanho e estrutura do escritório, ou seja, a utilização do marketing jurídico digital. 

Como ocorre em outras profissões, o escritório de advocacia possui uma rotina de fluxo de caixa, custos fixos de escritório e gestão de recursos humanos, itens tipicamente de administradores. Por este motivo, os profissionais necessitam cada vez mais ampliar essa gama de conhecimento para gestão de seu próprio negócio e de gerir informações para seus clientes.  

A tecnologia é um fator estratégico para a advocacia, a que torna mais ágil e competitiva, confira abaixo, algumas indicações tecnológicas que poderão aumentar a produtividade e a rentabilidade dos escritórios de advocacia.

 

Dr. Jersser Roberto Höhne Advogado e Diretor da Ordem dos Advogados de Rio Claro.